PERSONAGENS

MARÍLIA METROPOLITANA

‘Radius’ é uma ficção científica que se passa no ano de 3.121 e nesse futuro imaginário, Marília Metropolitana é uma megacidade surgida com a união dos 62 municípios. Na ficção, após a grande catástrofe provocada pela COVID-19, que na história, a pandemia dura cerca de 20 anos, causou uma enorme perda populacional com poucos sobreviventes e estes ainda com sequelas agressivas. Cem anos depois do surgimento do coronavírus ocorre ainda uma guerra nuclear que acabaria por devastar todas as florestas do mundo, acarretando o extermínio de diversas espécies de fauna e flora mundial.

Mil anos depois, a civilização se reestrutura de uma maneira totalmente descontrolada, com graves problemas sociais, violenta e sem nada do que temos nos dias de hoje. Surge então, no ano de 3.121, a Marília Metropolitana, totalmente reestruturada, regida então por um ditador que conta com o apoio de seu exército: as Tropas do Amanhã.

OS TAPANHUMAS/ARUANDA

Grupo tribal que vive fora de Marília Metropolitana, lutadores de hukeira, são os rebeldes que fazem frente ao domínio do Major Pimã pois não aceitam sua ditadura em troca da tecnologia e dos hologramas.

São moradores da cidade de Aruanda, terra sagrada onde dividem o espaço com os Cães e Gatos Humanóides, expulsos da Marília Metropolitana e acolhidos pela tribo Tapanhuma. Com esses parceiros, lutam por um mundo mais equilibrado, o que está longe de acontecer nesta distopia.

PERSONAGENS